quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Deus dos fracos e loucos...!!!

Deus escolheu as coisas, loucas do mundo para envergonhar os sábios e escolheu as coisas fracas do mundo para envergonhar as fortes. ICo.1.27.

Quanto mais nós caminhamos com Deus, mais percebemos quanto não sabemos nada sobre Ele, quanto mais nos aproximamos e deixamos que nossa vida seja levada pelos passos de Cristo, mais nós somos obrigados a reconhecer que “ Seus pensamentos não são como nossos pensamentos e nem os seus passos são como os nossos passo”.

Nós somos lógicos, e Deus não tem compromisso com a lógica, Deus tem compromisso com a sua palavra. Nós temos compromisso com o tempo e Deus é o Senhor do tempo. Nós temos compromisso com nossa reputação, o que falam e pensam de nós, Deus é o EU SOU.


Quando o apóstolo Paulo fala que Deus escolheu as coisas loucas e fracas, ele esta declarando que Ele é Senhor, de tudo e de todos.


DEUS USA PARA SALVAR O HOMEM AQUILO QUE O PRÓPRIO HOMEM DESPREZA.


 Uma mulher samaritana que até então não havia conseguido ser feliz em seus casamentos, já havia passado por cinco casamentos, e agora estava com um homem que não era seu; E foi a essa mulher que Jesus se revelou como sendo “Água vida”... “Fonte de Vida Eterna”... Foi essa mulher que certamente diante dos homens era a mais desprezível, que nenhuma igreja a aceitaria como membro, que Cristo escolher para anunciar o evangelho aos gentios.


 Um pescador rude, até de certo modo indouto, acostumado a trabalhos braçais, não tinha nenhuma experiência em cuidar de pessoas; Então um dia Jesus tem um encontro com esse homem o convida para ser pescador de homens, e nessa caminhada ele pede para andar por cima das águas assim como Cristo estava andando e acaba afundando, ele para defender Cristo corta a orelha de um soldado romano, e é repreendido por Jesus, ele que havia prometido lealdade a Cristo, nega que o conhece quando Cristo está preso, Pedro quando vê que Jesus está morto e sepultado, abandona tudo e volta para seu antigo trabalho. Esse foi o que Jesus mandou chamar logo que ressuscitou, esse foi o homem que Jesus escolheu para apascentar as suas ovelhas, esse foi o homem que depois de Jesus pregou o mais belo e eficaz sermão já pregado por alguém onde mais de três mil almas se renderam aos pés do Criador.


 Uma mulher com fama de adultera, uma mulher que havia ultrapassado os limites da moralidade, não a estavam acusando de algo que não viram, mas de algo que ela foi pega no ato. Mas foi essa mulher que os moralistas queriam matá-la apedrejada que Jesus decidiu usar para ensinar sobre amor, perdão, e misericórdia, foi uma pecadora desprezível que Jesus escolheu para revelar a sua complacência, e o desejo de dar sempre a segunda oportunidade. Disse Jesus aos que queriam apedrejá-la: Quem de vocês não tem pecado que atire a primeira pedra...!!! Jesus usou essa mulher adultera para nos ensinar que quando olhamos o cisco no olho de nosso próximo pode ser que estamos vendo através de uma grande trave que está em nossos olhos. Nem eu te condeno, vai e não peques mais... Foi essa mulher que entrou na presença de Jesus, tida como fraca e louca, que Cristo usou para dizer ao mundo que Deus é amor, e que usa os fracos e loucos para que os fortes reconheçam que ele é o Senhor da terra.
A ele toda honra e toda glória.

Um comentário:

Iara disse...

Muito legal mesmo...isso nos faz refletir sobre nossos conceitos sobre pessoas importantes. O que faz a pessoa ser importante??? status??? dinheiro??? com certeza nao!!!!!