sexta-feira, 28 de novembro de 2008


Não me empeçam de voar.
Se me vires abraçado com alguém chorando, não me tenhas por fraco, desci apenas para buscar alguémque está no vale da angustia para leva-la ao bosque da alegria.

Quando me encontrares em meio aos medíocres e pobres de alma,não me compares a eles, apenas desci para leva-los a lugares tãoautos e ricos que por eles nunca se quer um dia foram sonhados.

Ao me ver entrando em cavernas onde se escondem os covardes,não me julgue pelo que vê, pois estou indo não para ficar, mas paratraze-los para fora e transforma-los e um exercito de valentes.

Se um dia me vires rastejando junto aos pequenos e fracos,saiba de uma coisa estamos taxiando para juntos alçarmosgrandes vôos.

Não se assuste ao me ver junto de pessoas que decidiramvoltar à trás, estou com elas tomando impulsos para noslançarmos à frente como uma flecha que é puxada paratrás e quando lançada não tem mais volta.

Não me desprezes quando junto eu estiver dos excluídose discriminados, junto dos que não tem um colo, ou mesmo um abraço amigo, eu estou apenas tentando ser os braços ou o colo de Deus para eles e com eles no colo alçarmos vôo em busca de novos horizontes.

Ao me ver voando não me atire pedras, pois posso estar levando em meu colo para o topo da montanha alguém que já haviaperdido as esperanças, e este alguém pode ser alguém que você amaou amou ou ainda vai amar.
Este alguém pode ser você.
_Abimael Alves.

2 comentários:

mandiinha [: disse...

Te amo tanto paai

Pr. Abimael Alves disse...

Filha vc puxou ao Papai msm,,,
ta escrevendo cada vez melhor,,,

Lyndo,,,Parabéns..

bjks